Social Media Icons

slide code

Photo

Michele
Michele, 26 anos, ex-escritora de fanfic e agora escritora de livro de verdade.

mais?

follow mih

social media icons 2

Search

categoria 1

amor

categoria 2

lista

categoria 3

pessoal

post fresquinho na sua caixa de entrada

4 - Raio, Estrela e Luar

Tudo tinha dado errado. O que era pra ter sido uma viagem a dois, virou uma expedição solitária em uma cidade sem atrações turísticas e repleta de desconhecidos. O que era pra ser diversão, virou uma tentativa desenfreada de fugir dos problemas e de forçar a superação de um término mal resolvido.

Mariana fez check-in no hostel de paredes azuis, jogou a enorme mochila na beliche e deitou, não acreditando que tudo aquilo estava acontecendo: a viagem sem programação, o término recente e a falta de perspectiva de que algo fosse acontecer. Fitando o teto, começou a se perguntar porquê tinha insistido em uma viagem que não seria, nem de longe, como a planejada e porque não tentou lidar com um rompimento como sempre viu em suas comédias românticas favoritas. Por não conhecer ninguém na cidade, até tinha avisado um conhecido da internet de que estaria lá, mas como eles nunca tinham se visto, dificilmente ele seria o responsável por mudar o humor - e as expectativas - de Mariana.

Por sorte, ela estava enganada.

Assim que cumpriu com seus compromissos profissionais na cidade, mandou uma mensagem para Lucas, o publicitário com quem tinha conversado durante meses no Twitter. Combinaram um horário e ele ficou de buscá-la no hostel em que estava hospedada e era próximo ao melhor bar da cidade, segundo ele. Mariana escolheu um vestido brilhante, fez uma maquiagem forte e, olhando-se no espelho, torceu para que aquela noite a surpreendesse, por mais que duvidasse disso.

“Estou aqui na frente”, Lucas mandou por mensagem. 

Mariana conferiu mais uma vez seu look no espelho, deu de ombros e, sem pensar muito, desceu. Nunca tinha visto Lucas pessoalmente e ficou surpresa com o fato de ele ser mais magro do que aparentava e mais baixo do que ela. Não conseguiu não sorrir ao vê-lo com sua jaqueta verde militar cheia de patches e, então, o abraçou timidamente. 

Um tanto quanto desconcertados, começaram conversas corriqueiras enquanto caminhavam para o bar que tinha o nome de um famoso escritor alemão. Pediram uma gin tônica cada quando chegaram e, enquanto bebiam e se soltavam, descobriam afinidades e relembravam conversas antigas que tiveram no Twitter. 


“Mas então, você veio sozinha para uma viagem que seria com um namorado?”, perguntou Lucas enquanto tomava seu terceiro copo, já com um sorriso exagerado no rosto. Provavelmente causado pelo álcool. 

“Sim. As passagens já estavam compradas, . não Não fazia sentido eu desperdiçar as duas, né?”, respondeu Mariana, sorrindo e já achando graça de sua própria história “Se não conhecesse você, ainda seria um ótimo lugar para comer”.

“Exato. Definitivamente, aqui é um ótimo lugar para isso. Inclusive, vou te levar agora em um lugar que é obrigatório para qualquer turista”, Lucas respondeu sorrindo também. 

Mariana ficou animada com os caminhos que a noite estavam tomando e, principalmente, com o fato de ser surpreendida. Do bar, foram comer em uma lanchonete tradicional da cidade e Lucas fez questão de indicar os melhores pratos e contar curiosidades sobre o lugar. Enquanto comiam, ele mandou mensagem para uns amigos o encontrarem ali e, assim que chegaram, fez questão de colocar Mariana em todos os assuntos até ela se sentir a vontade para ir à balada com todos eles. 

Funcionou.

Quando chegaram na festa, Mariana percebeu que se tratava de uma noite com músicas bregas e sorriu ao ver Lucas dançando em sua frente. A noite já estava leve, agradável e extremamente divertida, mas quando o DJ começou a tocar Fogo e Paixão, do Wando, ela chegou em seu ápice. Foi então que Lucas olhou para Mariana.

“Vai ser estranho!”, ele disse alto, para tentar ser ouvido no meio do barulho da casa noturna. 

“O quê?”, Mariana perguntou perto do ouvido dele. 

Ele riu, a abraçou e a beijou da forma mais piegas possível: ao som de “você é luz, raio, estrela e luar”.

Da festa, foram para a casa de Lucas e a primeira noite de Mari não foi no hostel. 

Foi dividindo a cama com Lucas, suas trezentas almofadas e seu gato amarelo.

-

Leia os outros posts da série: 

#1- SOBRE O LENÇOL AZUL-MARINHO
#2 - BUDAPESTE
#3 - A FLOR, A FITA, O SORRISO E O PARQUE

Comentários

os mais amados

Anticoncepcional para quem tem enxaqueca
Bom, não é novidade para ninguém que eu sou uma enxaquecosa . As minhas crises são bem tensas e até…
Melissa combina com o quê?
Falar sobre Melissa é especial e nostálgico para mim. Primeiro porque as sandálias com cheirinho d…
5 motivos que fazem do outono a estação mais legal para se vestir
Ontem esfriou aqui em Araçatuba e já fui obrigada a colocar um casaquinho (obrigada, senhor). Gost…
Dossiê da Enxaqueca
Se tem um assunto no qual eu sou verdadeira expert, é Enxaqueca . Eu já fui a diferentes neurologist…