19/03/2017

19 de março

Hoje o Facebook me lembrou do primeiro texto que fiz para você. 

Eu falava o quanto me sentia feliz e sortuda por poder comemorar uma data tão importante ao seu lado. Eu lembro exatamente o que fazia quando escrevi aquilo, lembro do presente escolhido e lembro de cada pensamento empregado a cada sílaba digitada. Acho que o problema de escrever é que você eterniza momentos. Bons ou ruins, eles estarão para sempre ali e toda a nostalgia pertencente a eles vão te invadir de um jeito ou de outro. Hoje a nostalgia me pegou, mas não de uma forma melancólica. De um jeito bom. Consegui lembrar de tudo sem aquele peso ruim. Eu me senti tão feliz por não sentir nenhuma mágoa que quis escrever de novo. Essa leveza me faz tão bem que espero que te faça, também.


Mesmo estando longe, o dia 19 de março ainda é seu - e eu acho realmente difícil que algum 19 de março vá passar despercebido. Hoje olhei na minha agenda e meu estômago ficou gelado. Apesar de tudo o que aconteceu e passamos nestes últimos meses, os desejos, neste dia, são os mesmos. E são bons, afinal, eu sempre vou desejar o bem para pessoas que passaram por esse carnaval todo que eu chamo de vida.

Eu te desejo juízo e acho que não é nenhuma novidade para você. Desejo maturidade para aprender a lidar com as adversidades da vida e principalmente para saber escolher amizades. Desejo saúde mais do que qualquer coisa. Talvez deseje responsabilidade na mesma proporção, afinal, quanto antes aprender a cuidar do seu corpo, melhor. Desejo sucesso profissional, desejo que nunca se acomode e sempre queira ir além. Sempre fiz questão de dizer o quanto te achava talentoso, mas também sempre fiz questão de te lembrar que você se limitava. Vá além.

Desejo tranquilidade. Desejo amor - próprio ou com outro alguém - e, além de tudo, desejo paz de espírito, coração sossegado e força para tudo o que está acontecendo. Essa passagem é mesmo muito louca e, às vezes, achamos que precisamos de alguém forte do nosso lado para conseguir aguentar o tranco. Mas não pensa assim, não. Toda a força e coragem que precisamos está em nós e, acredite, você é forte - e não só um garoto assustado e revoltado com a vida. O mundo é difícil, mas é isso mesmo, como você cansou de me dizer. A música está sendo tocada, por favor, aprenda a dançar - por mais que seus passos sejam desajeitados agora, uma hora ou outra você aprende a coreografia. 

Eu sempre acreditei em você. 
Hoje, desejo que faça isso por mim. 
Acredite em você. É o meu maior desejo para mais esse 19/3.

2 comentários

  1. Esse texto caiu como uma luva, mas infelizmente não de um jeito tão bonito e leve, espero que daqui um tempo eu consiga ficar nesse estado de espírito do texto :(

    ResponderExcluir
  2. Esse texto me lembrou a música do Frejat. "Desejo, q vc tenha a quem amar, e quando estiver bem cansado..." por aí.

    ResponderExcluir

© MY OTHER BAG IS CHANEL
Maira Gall