Everyday #2 - Sobre Animais Fantásticos, Gilmore Girls e McFLY

Em Araçatuba, sempre tive o hábito de assistir aos filmes que eu gosto nas pré-estreias. Meia noite de quinta-feira e lá estava  eu na fila do Cine Araújo com um balde de pipoca numa mão e os óculos 3D na outra. Com Harry Potter, era ainda mais sério, porque eu saia do trabalho e já corria para ficar horas na fila - coisa de fã maluco, mesmo. Depois, comecei a fazer isso com os filmes da Marvel, que foi um ótimo substituto para o vazio deixado pelas Relíquias da Morte. Porém, desde que me mudei para São Paulo, isso mudou - e usar a desculpa de "tudo ser muito longe" não rola, porque eu trabalho na frente de um shopping que tem Cinemark. Bem, a quebra dessa corrente foi feita quando eu demorei para assistir Capitão América - Guerra Civil. Se você lê esse blog há tempos, sabe da minha relação com Marvel e essa saga, em específico. Eu fui assistir quase 15 dias depois da estreia por n razões e, depois dessa quebra, desencanei das estreias. Mas confesso que quando vi a galera comentando sobre Animais Fantásticos, fiquei com o coração apertadinho. 


Pois bem, no último domingo, fui ao cinema com meus amigos de Araçatuba - que por gentileza do destino, também moram aqui - e, como as companhias eram perfeitas, finalmente me entreguei ao filme. Apesar de ter sido produzido para nós, a geração de fãs extremamente apaixonados, eu tentei não colocar muita expectativa no filme por várias razões. "Minha crítica mudou", "eu não sou mais a menina de 11 anos que era obcecada pelo assunto", "serão cinco filmes", enfim, baixas expectativas nos deixam mais felizes, no final (né?). Só que o filme foi lindo e, no final, estava completamente rendida a Eddie Redmayne e o seu bom coração. Sabe, a Anna Vitória publicou um texto tão lindo sobre o assunto que qualquer coisa que eu queira dizer, vai parecer uma reprodução do que ela disse, então, compartilho o link com vocês. Acabou que o filme é lindo, um abracinho no coração e o merecido destaque que a Lufa-Lufa merece. Obrigada por mais essa, tia J! 

Nunca fui tão iludida por macho, como sou pelo McFLY

Coloquei a foto só do Dougie porque, afinal, é a única coisa que presta nessa banda
Meu username no snapchat entrega meu passado Galaxy Defender. McFLY foi a minha primeira banda favorita e, meu deus, como eu era obcecada por esse quarteto. Já escrevi muito sobre eles aqui e um post até viralizou - e até me xingaram porque eu disse que meu álbum favorito é o radio:ACTIVE. Os anos passam, fã de McFLY não muda, é engraçado - sobre o assunto, então, não será nenhuma surpresa se eu disser que fiquei muito animada quando eles disseram que iam soltar uma novidade às 11h da manhã. 

Eu, sinceramente, achei que era um relacionamento bem superado. Olhei pra trás e falei "I'm over you, Dougie Poynter", mas quando li a mensagem, senti o coraçãozim acelerar e ficar ansiosa como eu ficava quando tinha 14 anos. Me senti ridícula, mas me senti felizinha, afinal, não seria de todo ruim um álbum 6 numa vibe Love Is Easy da vida. Porém, meus amigos, se tem uma coisa que o McFLY faz bem, além de cultivarem uma síndrome de Peter Pan como ninguém, essa coisa é iludir as fãs idiotas e, é claro, eles fizeram de novo. A grande novidade era um álbum novo. De Greatest Hits. Ao Vivo. 

Se você não é fã do McFLY, eu vou te falar quantos álbuns de GH essa banda que não é nenhum Rolling Stones da vida, tem: 

:: Just My Luck - 2006 (os moleques tinham apenas dois álbuns lançados e já lançaram um quarto. Ok, foi pra aproveitar o filme e a gente comprou mesmo assim, mas enfim). 
:: All The Greatest Hits - 2007 (sim, com UM ANO de diferença e apenas um novo cd lançado, eles fizeram MAIS UM álbum de GH)
:: The Greatest Hits, B-Sides And Rarities - 2007 (mas esse tem BSIDES e RARIDADES, gente!)
:: Memory Lane - 2012 (com dois novos álbuns - sendo, um deles, o desastre do Above The Noise -, eles lançaram mais um GH. Sabe o que é mais legal? COM MÚSICAS QUE JÁ CONSTAVAM NOS GH's ANTERIORES. Mas ok, vamos lá)
:: 10th Anniversary Concert, Live at Royal Albert Hall - 2010 (outro álbum ao vivo com as mesmas fucking músicas).


Isso sem contar os McBusted da vida...

McFLY é tipo aquele cara com quem você sai por um tempo, te promete o mundo e potes de Nutella e, do nada, some, não responde mais suas mensagens e depois te bloqueia no WhatsApp.

Assistindo

Eu juro que tentei terminar as 7 temporadas de Gilmore Girls antes da estreia do revival, mas não consegui. No último fim de semana, peguei firme, mas, na sexta-feira, dormi às 21h e I regret nothing. Fazia meses - meses!!! - que eu não sabia o que era pegar no sono antes da uma da manhã, então, abracei Morfeu e aceitei seu convite de casamento de uma noite. No sábado, assisti o máximo que aguentei e cá estamos no meio da sétima temporada e com uma raivinha de Rory Gilmore que só aumenta. Eu até pensei em fazer um texto sobre isso, mas acho que ela não vale os meus tão dedicados caracteres, porque ô bicha chata, egocêntrica e mimada. Eu escrevi sobre o assunto, num minuto de fúria, lá no meu Facebook. A publicação é aberta, então, você pode deixar os seus cinquenta centavos sobre o assunto, também. Mas, enfim, continuo assistindo GG para, no próximo fim de semana, finalmente me entregar ao revival. 


Escrevendo


Escrevi uns posts bem legais, nessa semana, além do último texto do blog, mas como esse post já está enorme, separei apenas dois, que foram os que mais curti: 

:: Os 5 sapatos mais icônicos do cinema (Blog da Kipling) - Tem Carrie Bradshaw e Audrey Hepburn em um post, ou seja, muito Michele e feito com muito amor. Tá gostosinho demais, vem ler, vem! 

:: 5 lições de empreendedorismo para aprender com Gilmore Girls (Kombi Coletivo) - A Kombi é um projetinho que comecei com duas amigas e já estamos produzindo coisas bem legais na internet. Uma delas foi esse texto que fiz sobre Gilmore Girls e as lições que conseguimos tirar dali. Tá bem gostosinho, vem ler, vem! 


Ouvindo

A indicação da semana é o novo álbum do The Weeknd. Meu amor por esse homem começou no fim do ano passado e o que eu pensei que seria apenas um flerte, virou paixão arrebatadora mesmo. Enfim, o álbum dele saiu no fim de semana é uma das melhores coisas de 2016 - e olha que 2016 foi um ano incrível, se tratando de novos álbuns. 


Wait for it: 

- Durante a semana vai rolar resenha de produto de maquiagem. Pois é! Mas é aquela resenha sincerona e do amor, que vocês já conhecem; 
- Vai rolar post sobre cabelo porque eu cortei trezentos metros, do meu, e to amando
- Mamaimm vem passar um fim de semana comigo, aqui em Sp, é o primeiro em quase um ano que ela vem. Estou aceitando indicações de programas vem turísticos e econômicos pra fazer com ela. 

E vocês? Como passaram essa semana? 

Beijo beijo ♥ 

4 comentários

  1. Sobre o McFly: todo mundo pediu álbum 6, e eles mandaram o álbum 6 de GH. Meio ponto pra eles e nota mil para nós, Galaxy Defenders, que depois de mais essa ainda amamos e suportamos toda a trollagem lol

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deveríamos ganhar um prêmio por tamanha perseverança, viu! AHEUIHEUIHEUIAHE

      Excluir
  2. Eu fui assistir Animais Fantasticos na semana que lançou e socorro, achei o filme incrível ♥ 10/10, amei. Quero começar a assistir GG, mas tô tão atolada de séries que não sei se consigo assistir nessas férias ainda, mas farei o possível. Já assisti o primeiro ep e adorei o clima gostoso da série. Bju, https://f-lorindome.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. GG é uma série muito gostosa, mas com questionamentos tão incríveis que não tem como não te prender - e não se identificar.

      Excluir