18/09/16

A importância de se cercar de boas pessoas

Esse vai ser, talvez, o trigésimo sexto texto que eu começo, que fala sobre meus amigos. É sério, tem vários nos rascunhos que eu sempre começo, mas nunca consigo finalizar. Não que me falte inspiração - muito pelo contrário. A verdade é que nada que eu escreva é justo para a importância que essas pessoas têm na minha vida. Hoje, talvez, eu consiga finalizá-lo, já que foi uma lembrança do "On This Day", no Facebook, que me deu inspiração para escrever esse texto. Afinal, eu vou falar sobre a importância de ter pessoas incríveis ao seu lado. 


Em 2014, como eu já falei exaustivamente aqui nesse blog, eu passei por umas situações bem ruins. Uma das consequências dessa série de acontecimentos, foi minha perda de peso brusca e o desenvolvimento da minha ansiedade. Eu estava visivelmente mal e isso assustou minha mãe. Sempre fui muito ligada a ela e sempre conversamos sobre tudo mas, naquela fase, eu não conversava nem com ela e nem com ninguém - e aquilo a preocupou. Ela, então, acionou meus dois melhores amigos. "Estou preocupada, acho que a Michele está com depressão e não sei o que fazer", ela disse. Meus amigos acenderam um alerta. Não sei como foi que eles chegaram a ideia de fazer o que fizeram, mas, poucos dias depois, recebi um email na minha caixa de entrada, falando o quanto eu era incrível. O email não tinha remetente, era algo como obmb@gmail.com. Depois eu descobri que obmb significava "Operação Bring Michele Back". 

No dia seguinte, minha timeline do Facebook foi invadida. Várias, várias pessoas - de "amigas-mesmo" a "conhecidos que eu sai algumas vezes" - postaram fotos comigo e textos falando o porquê eu era importante para eles. Sério, eu não consigo descrever o meu sentimento com aquilo. Eram dezenas de pessoas dedicando um pedacinho de seus dias para me falar que eu era alguém legal e que eles se sentiam sortudos por cruzarem meu caminho. Você tem noção do que é ler coisas assim quando você se sente uma pessoa horrível? Todas as fotos tinham a hashtag #obmb. Todas aquelas pessoas me "queriam de volta".

Quando você está em um período ruim, como o que eu estive, você realmente se esquece de quem você é. Você se esquece que tem qualidades, que as pessoas podem gostar de você e que você é uma pessoa incrível, sim. Você entra num corredor escuro e é impossível encontrar o interruptor para acender a luz. Cada coisinha que você encontra no caminho, que em dias normais poderiam ser puladas, te fazem tropeçar e cair e, a falta de claridade, te faz entrar em desespero. Dá a sensação de que você nunca mais vai enxergar, sabe? Mas eu tinha amigos incríveis que acenderam a luz do meu corredor escuro e me deram a mão para pular as coisas jogadas ali e que me faziam tropeçar. E, sem eles, eu não sei se hoje eu seria quem sou ou estaria onde estou. 

Em um mês como setembro, em que as pessoas discutem o setembro amarelo e etc eu acho importantíssimo quem está em uma fase ruim, procurar, sim, por profissionais, para entender o que tá rolando consigo. Nossa cabeça é uma loucura, né? Mas, antes de qualquer coisa, certifique-se que as pessoas que estão ao seu redor são boas pessoas e saia de perto de quem não te faz bem. Eu demorei um bocado para eliminar quem não me fazia feliz, mas, ainda bem, eu sempre soube que tinha as melhores pessoas do mundo ao meu lado. Tão importante quanto qualquer diagnóstico, é ter certeza de que você tem boas pessoas do seu lado. Pessoas que torcem por você, que querem seu bem e que te fazem feliz. 

Por sorte, eu posso chamar as melhores pessoas do mundo de amigos.
(Obrigada, amigos!)


Curtiu o post? Então compartilhe ♥
Twitter // Facebook // Instagram // Grupo do Blog // Snap: mihbroccoli

10 comentários:

  1. Belo texto. Falar de amigos me faz lembrar de With a little help from my friends. Ouvir essa música as vezes faz lembrar que quando a gente tem medo e não sabe o que fazer, vem uma mão no seu ombro, e quando vc olha pro lado, sabe q pode contar com eles.
    PS: (Caso alguém for ouvir essa música, a versão original dos Beatles é bacana, mas Joe Cocker a imortalizou numa versão visceral. Tem tbm uma do Vintage Trouble, recomendo.)Desculpe textão.

    ResponderExcluir
  2. Lendo seu texto percebi a importância de resgatarmos nossas amizades. E me deu uma vontade imensa de fazer algo assim em algum momento importante para alguém. Obrigada por compartilhar isso com a gente! Além disso, fico bem contente de saber que você superou a depressão e está bem <3 Realmente, que amigos incríveis você tem! :)


    www.meujardiminterior.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lilian,
      Na verdade, eu não estava com depressão - minha mãe é que estava achando isso - eu estava apenas num período ruim. Mas por sorte, estava perto das pessoas certas. <3 E sim, eles são incríveis mesmo, eu agradeço por tê-los, todos os dias. ♥

      Excluir
  3. Oi. Desculpe voltar aqui de novo, mas é q falando de With a little help from my friends, inevitavelmente me lembrei de uma série e preciso menciona-la: Anos Incríveis, puta serie foda q passava na Cultura e q entre outras coisas, era permeada pela amizade dos personagens. A serie envelheceu muito bem e se alguém não viu, recomendo fortemente. É isso.VLW.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, Anos Incríveis é muito boa mesmo! Saudades, Cultura! HAHAHAHA

      Excluir
  4. acho que sempre começo meus comentários aqui assim, mas: que texto lindo, mih! achei maravilhosa a iniciativa das pessoas boas da sua vida <3 e fiquei feliz que isso tenha te ajudado a superar a fase ruim... entendo isso que disse aqui: "cada coisinha que você encontra no caminho, que em dias normais poderiam ser puladas, te fazem tropeçar e cair e, a falta de claridade, te faz entrar em desespero" é um inferno viver dias assim, quando mais passar por isso em um período maior na vida, também tenho muito o que agradecer por pessoas que iluminaram meu caminho e ajudaram a desviar das pedrinhas que não consegui pular, haha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente sempre atrai o que estamos transmitimos. Só de observar as pessoas incríveis que ficam do nosso lado, é possível entender que somos boas pessoas, também.

      E obrigada, sua linda ♥

      Excluir
  5. Michele,
    Amei tanto seu texto que indiquei numa newsletter semanal que mando para os amigos. Seu texto foi o que fez mais sucesso <3
    Se quiser dar uma olhada: http://tinyletter.com/babibomangelo/letters/9-queria-ser-grande-mas-desisti

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindaaaa! ♥ Muito muito obrigada, Babi!

      Excluir

MY OTHER BAG IS CHANEL © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.