26/07/16

Eu sempre


Eu sempre vou olhar para baixo quando me sentir intimidada. Sempre vou pegar o celular quando ficar com vergonha. Sempre vou demorar para escolher alguma coisa - filme ou sabor de sorvete. Sempre vou preferir ser gentil a ter razão. Sempre vou trocar o filtro da foto três vezes antes de insistir na primeira opção - que ficou melhor, mesmo. Sempre vou usar blusas listradas. Eu sempre vou me sentir desconfortável com elogios. Sempre vou fazer piadas para quebrar o gelo. Eu sempre vou fazer um pouco de drama, mesmo que nos próximos minutos eu assuma o exagero. 

Eu sempre vou te fazer carinho de dedo. Sempre vou dizer "vamos" em vez de "preciso ver". Eu sempre vou responder a mensagem. Sempre vou esperar o melhor das pessoas - e desejar, também. Eu sempre vou ficar desconfiada quando as coisas parecerem fáceis demais. Eu sempre vou dar risada nos momentos mais sérios - é sem querer, eu juro. Sempre vou dar beijo nos olhos. Sempre vou associar a minha vida com as séries que gosto. Eu sempre vou chorar facilmente. Eu sempre vou odiar ser subestimada. Sempre vou querer dormir do lado da parede. Sempre vou enrolar os seus cabelos, na ponta dos meus dedos. 

Sempre vou bater os pés enquanto ouço uma música que gosto. Sempre vou escrever cartas ou bilhetes. Eu sempre vou me importar com quem passou pela minha vida e quem foi o meu mundo por algum momento. Sempre vou rir das mesmas piadas. Eu sempre vou preferir assistir a um filme repetido. Sempre vou sugerir um doce. Eu sempre vou odiar ser interrompida e não vou voltar no assunto. Sempre vou grifar meus livros. Eu sempre vou usar casacos maiores que meu número. Sempre vou brincar com a moda, mesmo que as combinações não funcionem em um primeiro momento. Eu sempre vou escrever - e sobre tudo. Sempre vou ser bagunceira - e meu quarto raramente ficará arrumado por mais de uma semana. Eu sempre vou pensar mil vezes antes de fazer qualquer coisa. Eu sempre vou insistir nas coisas que acredito. 

Eu sempre vou parecer criança quando cruzar com um bichinho fofo na rua. Sempre vou derrubar comida na mesa. Eu sempre vou gargalhar alto. Se estivermos em casa, eu sempre vou comer pizza com as mãos. Eu sempre vou pensar em cancelar primeiros encontros. Sempre vou fazer playlists para cada momento da minha vida. Eu sempre vou dar tudo de mim quando me comprometer com algo. Sempre vou falar das mesmas coisas - e isso inclui contar a mesma história mais de uma vez. Eu sempre vou dar um sorrisinho de canto nas fotos. Sempre vou ficar tímida quando apontarem a câmera para mim. Eu sempre vou sentir frio na barriga ao encarar os seus olhos. Sempre vou falar do meu sobrinho, da minha cidade e dos meus amigos. Sempre vou falar do meu mundo, da minha perspectiva, das minhas filosofias e dos meus sonhos. 

E eu sempre, sempre vou ser assim. 
Porque se eu mudasse qualquer uma dessas coisinhas,
não seria mais eu. 

5 comentários:

  1. Sempre escrever, sempre. Mi, seus textos são sempre mto lindos, por isso vc tem sempre que escrever mesmo!

    ResponderExcluir
  2. <3 eu sempre vou ler comentários lindos como o qual vc deixou no meu blog e ficar assim: ♥_♥
    e eu ri muito com ele - "cretina preguiçosa" AUHSUAHSUAH sou dessas, mas muito, MUITO obrigada por ter comentado no meu blog que tá super parado e jogado. Fico imensamente felizzzzz, de verdade verdadeira ♥

    Me identifiquei com várias coisinhas do post, vemk <('-'<)

    ResponderExcluir
  3. Que texto mais amorzinho <3 eu me reconheci em muitas dessas coisas, e minha simpatia por você cresceu tanto, porque você parece ser um ser humano simplesmente adorável.

    ResponderExcluir

MY OTHER BAG IS CHANEL © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.