27/06/16

As quatro

Éramos quatro. Como qualquer enredo de série americana, éramos quatro amigas completamente diferentes que se completavam e se amavam como verdadeiras almas gêmeas. Tínhamos diferenças gritantes, mas que eram abafadas pelas semelhanças que, embora discretas, eram tão fortes que se sobressaiam a qualquer desavença causada pelos pensamentos distintos. Uma era calmaria, delicadeza, cuidado e amor. Outra era luta, garra, mas com festas e sorrisos. A terceira era serenidade, sinceridade e compromisso, enquanto eu, era sentimento, piadas e palavras. Uma mistura que deu certo por três anos obrigatórios e que daria, também, por toda uma vida que viria pela frente.


Os caminhos foram se desencontrando geograficamente. As conversas não eram mais diárias, o compartilhamento de conquistas não era presencial. Mas não tinha problema: o amor e a confiança eram mais fortes que as distâncias e correrias que apareceram com a vida adulta. Uma fez engenharia, outra fez biologia, a terceira optou pelo direito enquanto resolvi me aventurar no jornalismo. Por mais que a vida nos empurrasse para direções opostas, a amizade mantinha-nos lado a lado. Física ou emocionalmente. Por mais que não dividíssemos as mesmas carteiras brancas rabiscadas de caneta BIC, dividíamos grandes notícias. 

- Estou namorando! 

- Tirei 10 no TCC!

- Vou mudar para Ilha!

- Vou alugar uma casa com o Pluck!

- Terminei meu namoro. De verdade!

- Passei no mestrado!

- Vou me mudar para SP!

- Vou me formar! 

- Estou noiva!

E aí as nossas pernas quebraram. A primeira de nós quatro estava noiva. Era a Ju, e não podia ser outra. 

A Ju sempre foi uma princesa. Acreditava em príncipes encantados e não se contentaria com uma história que oferecesse menos que um castelo e um cavalo branco - mesmo que metaforicamente. Sempre sonhou com sua família, dois filhos ainda nova e uma vida tranquila. Ju sempre quis um amor do jeito que via em seus filmes favoritos. Chorava todas as vezes em que assistia Titanic, se emocionou em grupo com Diário de Uma Paixão e indicava, sempre, Um Amor Para Recordar. Deu seu primeiro beijo só quando realmente se sentiu preparada e nunca ligou em seguir o fluxo das melhores amigas. Ela tinha o seu próprio tempo. 

Mesmo depois de crescida, Ju mantinha sua delicadeza de menina, seus sonhos adolescentes e o sorriso mais lindo do mundo, que nos oferecia a melhor gargalhada já ouvida pelas outras três. A Ju estava noiva e seus olhos brilhavam enquanto nos contava do pedido e da decisão. A festa de noivado já tinha data e a cerimônia também. 


Apesar de não ser a primeira a casar, já que a segunda já vive com o namorado da adolescência (e que talvez me inspire um próximo texto sobre primeiros amores e como eles podem, sim, dar certo), era a primeira que se vestiria de branco e celebraria o seu amor com todas as pessoas que foram importantes em sua história, até então. Seria ela quem declararia em voz alta os seus votos para o escolhido com quem dividiria sua vida e jornada. A Ju ia casar. 

- Eu quero que vocês sejam minhas damas de honra. 

E seremos, no próximo dia 5/8. 

A história da nossa amizade poderia servir de material para um longa com título bonitinho e que renderia algumas bilheterias. A princesa, vai se casar. A desencanada, está morando em uma nova cidade pela terceira vez. A decidida, divide a sua vida há anos e caminha para uma década de relacionamento. Eu ainda estou esperando pelas minhas melhores histórias. Nós estávamos vivendo nossas vidas distantes, uma das outras. 

Mas sempre, sempre juntas. 

6 comentários:

  1. Que post lindo, Mih <3
    Eu tenho um grupinho assim também, mas de 6 amigas - e olha só, eu fui a primeira a noivar (coisa de Ju? hahaha). Achei lindo e com certeza ela tinha que chama-las para serem madrinhas! Vou querer ver as fotos!!! ahaha

    Amizades assim são super raras e acho um amor quando encontro grupinhos das antigas que conseguem seguir até hoje amigos.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que linda, Juh! Acho que é "bem" de Juh mesmo! HAHAHA vi sua foto do noivado e achei a coisa mais fofa do mundo! Já te desejo, de antemão, todo o amor e felicidade do mundo! ♥

      Excluir
  2. Que delícia de post! Tenho um grupo de amigas assim também e também somos quatro. Deu saudade da época da escola e também curiosidade pra saber quem vai ser a primeira a se casar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As amizades do ensino médio são sempre tão leves e tão cheias de boas lembranças, né? Que bom que o texto você se lembrar delas ♥

      Excluir
  3. OOOOWWWN, me deu saudade agora, das quatro. Talvez eu que tenha tirado essa foto aí que abre o texto hein. rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho quase certeza de que foi você mesmo! hahahaha ♥

      Excluir

MY OTHER BAG IS CHANEL © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.