Michele Contel

TEXTOS SOBRE A VIDA E SOBRE AMORES ACOMPANHADOS DE CAFÉ

Social Media Icons

slide code

Photo

Michele
Michele, 26 anos, mantenho esse blog desde os 19 e eu basicamente escrevo e tomo café. / depois de tanto falar de amor por aqui, eu escrevi um livo. olha só!

MEU LIVRO

social media icons 2

Search

categoria 1

amor

categoria 2

lista

categoria 3

pessoal

post fresquinho na sua caixa de entrada

Cinco lições de vida para aprender com RuPaul's Drag Race


Não lembro quando foi a primeira vez em que ouvi falar de RuPaul's Drag Race na vida, mas lembro de sempre ver a opção no meio dos programas da Netflix. Sempre passei direto, embora o nome me deixasse curiosa. Foi por causa de uma blogagem coletiva do Rotaroots que decidi começar a série e entender o que era o lipsync for your life, shantay you stay e a famosíssima Mama Ru. E foi amor forte, verdadeiro e duradouro. Vi a primeira e a segunda temporada sozinha, na terceira minha irmã viu comigo e a quarta e a quinta eu vejo com minha irmã e minha mãe. Somos apaixonadas pelas drags e pelo reality show mais glamuroso da atualidade. Mas não é só de plumas e paetês que RuPaul é resumido. O reality tem lições de vida valiosíssimas. Sim, gente! E é nessa vibe de tirar lições de absolutamente tudo que vejo, que fiz esse post. 

5- Ser mulher é maravilhoso

As queens realmente sabem o valor de ser mulher. Elas entendem a importância de um salto e como se vestir está ligado a nossa autoestima e etc. Assistir ao reality é o mesmo que levar injeções de ânimo e satisfação apenas por ser mulher. As queens se inspiram em nós apenas por sermos nós - e isso é lindo.


4- O primeiro passo para o sucesso é se aceitar

Alguns episódios são mais tristes porque as queens contam algumas de suas histórias. E todo mundo tem história triste. Uma das lições mais importantes que aprendemos com RuPaul é que se aceitar está diretamente ligado a sua felicidade. Não existe maneira de ser feliz sem se amar, sem gostar do que vê no espelho e sem fazer o que ama. É impossível ser feliz sem aceitar quem você é. E as histórias que conhecemos em RPDR mostram isso pra gente.


3- Na maioria das vezes, seu sucesso está ligado a sua performance

No final de cada episódio, a eliminação é decidida pela performance das queens que foram mal no desafio. A permanência delas, no programa, depende do seu lipsync. Muitas vezes, na vida,  é assim também: as coisas mais importantes e difíceis são conquistadas através da performance e da nossa garra. A diferença é que não batemos cabelo e nem tiramos a peruca, infelizmente. 


2- Você pode cair, mas pode cair fabulosamente

Que a gente cai algumas vezes isso é fato, mas falo de forma metafórica e não literal, como nesse post. Basta sabermos como cair e dar à queda a importância e relevância necessária. Nesse caminho é impossível não ter alguns tropeços e para qualquer subida são necessárias algumas topadas. Que vamos cair é um fato, então vamos aprender a cair como Akashia.


1- If you can't love yourself...

HOW IN THE HELL YOU GONNA LOVE SOMEBODY ELSE? Essa é a lição mais importante que esse reality maravilhoso nos mostra, até porque, ele repete isso todo santo episódio. É meio o que falei nesse post aqui. Se você não se amar, colega, não tem como amar ninguém não. 

Can I get an Amen up in here?


Curtiu o post? Então mostre seu amor e compartilhe! ♥
Acompanhe o MOBIC (e a Mih) nas redes-sociais!

Comentários

  1. Ai meu Deus, fiquei completamente apaixonada por esse post e decidi procurar Ru Paul nesse momento! hahaha Até então eu não tinha assistido, porque não tenho TV a cabo e nem Netflix, mas vou dar um jeito. Tudo que você falou são as coisas mais simples e verdadeiras da vida. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Socorro Wanila você precisa descobrir as maravilhas desse reality!!!

      Excluir
  2. Eu adoro ficar vendo os gifs de Ru Paul no Tumblr UHAAHUA <3 não sou tão fã assim de assistir, mas saem umas ótimas perolas e geralmente, fica na cara que ser mulher é demais :) ou pelo menos esse nosso universo feminino mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, nem fala, Bessie! E acho essa série tão empoderadora, sabia? Sem contar que é incrível ver tanto glitter, pluma, paetê... HAHAHAHA ♥

      Excluir
  3. que coisa maravilhosa. preciso assistir isso de uma vezzzz

    ResponderExcluir

Postar um comentário

os mais lidos da semana

Dossiê da Enxaqueca
Se tem um assunto no qual eu sou verdadeira expert, é Enxaqueca . Eu já fui a diferentes neurologist…
Anticoncepcional para quem tem enxaqueca
Bom, não é novidade para ninguém que eu sou uma enxaquecosa . As minhas crises são bem tensas e até…
Eu li: Comer, Rezar, Amar
Eu ainda não vi o filme, mas já ouvi falar muito sobre Comer, Rezar, Amar . Conheci devido ao ti-ti-…