13/06/15

Sobre se vestir para você. E só


Desde sempre eu sou apaixonada por roupas. Não digo moda, digo roupas. Sempre amei passar uma tarde fazendo compras em lojas de departamento com minha mãe e adorava provar mil peças - mesmo que depois eu sofresse para escolher apenas uma. Sempre fui apaixonada, mas nem sempre me vesti bem. E digo mais: nem sempre fui eu mesma na hora de me vestir. Esse meu interesse começou a surgir quando tinha uns 14 anos e estava na oitava série. Tinha acabado de mudar de escola e, até então, eu nem passava lápis no olho (algo que mudou minha vida naquela época) e estava procurando me encaixar em algum grupo. Fiquei com os emos e vi ali, naquela imensidão de acessórios e detalhes, o que eu queria para meu guarda-roupas. Nessa época eu dependia da minha mãe, então, foi um tanto quanto complicado colocar na cabeça dela que um All Star quase até o joelho, escrito Punk de rosa e com duas correntinhas laterais, era legal e era o que eu queria. Sempre vou me lembrar desse All Star, porque foi a primeira peça de vestuário que eu quis mais que tudo. 

Aos 15 eu passava por uma transição. Mudei de sala e, com as novas amizades, meu estilo sofreu grandes mudanças. Eu não tinha nenhuma "personalidade fashion", se posso dizer assim. Ia conforme o dress code da escola mandava. Nessa época eu já me interessava e queria me expressar com as roupas, mas sempre relutei muito em pedir coisas para minha mãe. A vontade existia, mas continuava "sem me vestir". Com meu primeiro emprego, aos 18 anos, eu pude finalmente vestir o que queria. Trabalhei em uma loja de departamentos e eu me esbaldei. Arrisquei, errei combinações, acertei em outras. Queria me expressar e queria me expressar pelas roupas. Pintei o cabelo de vermelho e escolhia as roupas conforme o sentimento que queria passar. Mas ainda assim, mesmo amando essa fase, eu não conseguia arriscar como arrisco hoje. Tinha medo de como me rotulariam e precisava de aprovação. Se, hoje, consigo passar por cima dos comentários negativos, o blog tem muita importância nisso. 

Foi o primeiro look do dia que me libertou do medo de errar. Ele era normal demais, comum demais e usava-o apenas para não dar margem para comentários ruins. Tinha medo de olhares tortos e desaprovação, por isso, investi naquela combinação sem graça para mim. Tive coragem de me expor daquela forma e publiquei. Recebi comentários positivos, mas eu não via ele como gostaria. Queria algo diferente, e não mais uma combinação típica da minha cidade. Queria uma combinação que fosse a Michele. E assim fui arriscando aos poucos. Um cinto vermelho aqui. Um salto com um short acolá. A mudança foi acontecendo e a importância com comentários ruins diminuindo. Hoje enxergo a importância de se amar e tampar os ouvidos quando necessário. Graças ao blog, as leitoras e as minhas leituras empoderadoras, me vestir é um dos maiores prazeres da minha vida e, por um dia já ter me vestido para os outros, é extremamente satisfatório me vestir para mim. 


Curtiu o post? Então mostre seu amor e compartilhe! ♥
Acompanhe o MOBIC (e a Mih) nas redes-sociais!

3 comentários:

  1. "Hoje enxergo a importância de se amar e tampar os ouvidos quando necessário." <3
    Sempre existirão pessoas que não conseguem se expressar e quero colocar quem consegue para baixo. O importante é ser feliz do jeito que vc quer ser, não é? Ame a si mesmo, sempre!
    Adorei, adorei, adorei!

    http://www.lelouie.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que delícia de texto! Adorei a maneira como você escreve, com tanta fluidez. Fui lendo a historinha e querendo saber mais de como seu estilo foi passando por transformações com o tempo. E que legal que seu blog foi "libertador" para você. Curti muito o post :)

    http://sonhos-empoeirados.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. se vestir pra gente é tão bommmm né :) e nossa, emo. passei por essa fase também e meu pai ficava ~wtf tu tá fazendo tá rebelde por quê se a gente te dá amor e tudo na vida?~ HAHAHAHA que sofrência mas né. passou e papis já aceitou meu ~jeitinho~ de ser HAHAHA

    ResponderExcluir

MY OTHER BAG IS CHANEL © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.