15/01/15

Na vida eu seria Taylor Swift


Eu bem que queria ser Ellie Goulding. Namorar um carinha estranho e de corte de cabelo duvidoso (oi, Skrillex), depois pegar um One Direction, dar uns pegas no Ed Sheeran (e depois ganhar uma música sobre isso) e, por fim, ter um relacionamento longo e duradouro com o Dougie Poynter. Mas não. Se eu fosse uma diva do pop, eu definitivamente seria Taylor Swift. E vou te falar o porquê além dos motivos abaixo: eu me identifico muito com a Taylor, desde seu período chatinha até os dias de hoje. Me identifico muito com algumas músicas e me identifico muito com alguns de seus discursos. A proposta do Rotaroots era dizer "se eu fosse uma celebridade, quem eu seria", mas ai vi a Patty fazendo desse jeito - tão mais legal - que vim fazer também. Na vida eu seria a Taylor Swift, e te falo o porquê! 

Éramos feias e zoadas quando crianças


Eu era muito esquisitinha na infância e ilustro esse post maravilhoso com rostinho maravilhoso de Tay. Sempre fui zoadinha na sala de aula e seeeeempre morri por causa disso. Taylor também era feia como o demônio quando era criança e baba criança cresceu hoje está linda e sacudindo tudo. Taylor, eu, Jana Rosa e você podemos fazer um movimento das criança zoada. 

Nós já passamos por momentos em que a vida parecia justa, mas no segundo seguinte ela foi um troll na nossa cara. Como o VMA


Brinco que eu sou a Taylor Swift e a vida é o Kanye West, porque tá pra nascer uma sacanagem tão grande como essa. Você vai lá, se dedica por uma coisa e, finalmente, a vida decide ser justa. Até que POW, uma coisinha já ferra totalmente o conceito de "justiça" que você deu para aquela situação e lá está você naquela merda. Mas eu, assim como Taylor, não me deixo levar por uma roubada em meu microfone não! Podemos até fazer cara feia e ficarmos murchinhas diante da situação ridícula, mas sabemos que o futuro será nosso melhor triunfo. Dito e feito na maioria das vezes.

Ficam falando sobre o corpo dela


Olha, se tem uma coisa que eu fico nervosa, é quando as pessoas falam do peso alheio. Quem foi que disse que eu dei o direito de você me examinar e decidir (!!!) se estou mais ou menos gorda pra você? Se preciso de mais ou menos bunda? NINGUÉM, certo? Certo! Mas não é sempre assim. Se euzinha passo por isso, imagina Taylor que ainda teve que ler babaquice do Diplo, não é mesmo? Taylor e eu compartilhamos do mesmo corpitcho magrelinho desengonçado e, WHO CARES, sabe? Vamos continuar usando ~shortinhos~ mínimos, vamos continuar usando o que quisermos e se reclamar, vai ter costelinha aparecendo simmmm! 

Nos apaixonamos muito rápido


É que agora eu namoro e dou todo o meu amor para uma única pessoa, mas no meu período solteira, JESUS, eu me apaixonava perdidamente a cada semana. E era o amor da minha vida de verdade, viu? Entretanto, no próximo final de semana eu estava perdidamente apaixonada por outro boy. A Taylor também tem um ótimo currículo amoroso e também tem essa fama de se apaixonar fácil. E daí? A verdade é que nós temos tanto amor que queremos fazer com que todas as pessoas se sintam amadas ♥ mesmo que a gente pague de louca por isso. (Só por isso, viu?). 

Também saia replicando discursinho machistinha - mas acordamos para a vida, AMÉM


Não nasci feminista e só há pouquíssimo tempo eu fui entender o que é ser feminista e o quanto o movimento precisa de disseminação, de conversa e propagação de ideia. Entendi que o machismo é um bagulho tão enraizado que eu, que sempre me julguei ~~mente aberta~~ e justa e etc, saia replicando discurso machista. Taylor também, inclusive em You Belong With Me. Mas nós duas crescemos, aprendemos e estamos aí, procurando saber mais um pouquinho sobre o assunto a cada dia, promovendo a sororidade e o amor entre as irmãs e com muita música fofa para embalar nossas conversas cabeça. 

Aprendemos que ignorar é a melhor opção, na maioria das vezes


Já falei aqui sobre as lições que podemos aprender com a Taylor no clipe de Shake it Off, mas aqui é diferente: Taylor, assim como eu, aprendeu que tudo o que dá gás para as pessoas falarem vem da gente. Você dança esquisito? Shake it off! Você é magra demais? Shake, shake it off! Sua lista de ex-namorados é imensa? Shake it off! A vida já é difícil o suficiente sem ninguém encher seu saco, não precisamos de mais isso. 

Este post faz parte do Rotaroots. Para ler todas as blogagens coletivas do Rotaroots, clique aqui. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se norotation.

Curtiu o post? Então mostre seu amor e compartilhe! ♥
Acompanhe o MOBIC (e a Mih) nas redes-sociais!

12 comentários:

  1. Adoreeeeeeeeeeeeei.
    Confesso que não gostava da Taylor antes, mas esse novo CD dela tá DEMAIS.
    Blank space é sensacional! E sempre quando bate uma badzinha, coloco Shake it off pra tocar, hahahahah.
    Adorei o post!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antes do 1989 eu achava a Taylor boa, mas só. O Red tinha músicas que eu amava, mas ainda assim, eu nem considerava ela uma das minhas cantoras favoritas.

      Mas aí veio essa maravilha desse cd e cá estou apaixonada pela magrela!

      Excluir
  2. Sobre se apaixonar rápido: sei bem como é! Hahahahahaha
    E sobre ser Taylor...... <3 Vocês duas devem ter corações enormes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, era difícil, viu! hahahahaa
      Nós temos corações gigantes - e você também! Temos amor demais, por isso queríamos dividir com todo mundo! haha :))

      Excluir
  3. eita max que que o west fez com ela gsuis

    ResponderExcluir
  4. Que máaaaximo seu post! Ainda tô a procura de uma celebridade com quem eu me identifique, e tô curtindo o desafio! Mas gostei muitão de tudo que você escreveu e principalmente de saber como você leva a vida na base do "sou feliz assim e isso é o que importa", admiro tanto isso, você não faz ideia!

    http://wanilagoularte.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, eu tento muuuuuuito viver assim, viu Wanila? Mas ás vezes é realmente difícil. É aquela coisa: temos que nos "treinar" e ver as coisas simples, sermos felizes apenas "sendo" e etc. <3

      Excluir
  5. PFVR MELHOR COMPARAÇÃO: VIDA = KANYE HAHAHAHHAHAHAHAHHAHAHAHAHAH
    PATRICIA ESTA DESMAIADA
    VLW FLW

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca vou superar Kanye no VMA HAIUEHIEHIUEHIAUHE

      Excluir
  6. Muito bacana o post... Adorei! Fiquei até com vergonha do meu, já programado, mas ainda não postadoo.hahahahha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tenha vergonha nãaaaao! Esses posts são engraçados e o intuito é isso: fazer rir! Quero ler o seu!

      Excluir

MY OTHER BAG IS CHANEL © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.