16/11/14

Por você vale a pena


Sei que as coisas não andam fácil pra você. Elas também não estão muito boas para mim e consequentemente para o nosso relacionamento também. Sei que pra gente nada nunca foi fácil. Muito pelo contrário, elas sempre foram bem difíceis. E como foram. Sei que desde que te conheci soube da sua profissão, dos seus planos, projetos e sonhos. Sei também que nada disso me assustou.

Já passamos por tanta coisa e olha onde estamos. Continuamos aqui, nem tão firmes, nem tão fortes, mas corajosos. Mergulhados em um mundo de incertezas que se chama amor. Penso todos os dias em como somos especiais; primeiro por viver essa loucura da qual chamamos de namoro, segundo por gostarmos desse namoro que parece mais uma loucura.

Somos tão diferentes e ao mesmo tempo tão iguais. Acho que a teoria de que opostos se atraem realmente faz sentido, quando utilizamos eu e você como modelo. Eu sou barulho e você é calmaria. Eu sou uma noite estrelada, enquanto você é o por do sol mais lindo que já vi. Você é tranquilidade em noite fria, é silencio e companhia mesmo quando nem se precisa de alguém.

Eu sou uma gritaria ambulante, uma confusão frequente e muitas vezes uma ausência constante até pra mim mesma. Mas com você o melhor em mim desperta, a maré alta, abaixa e toda aquela ressaca se transforma em mar calmo com noite de lua cheia. Você é sinonimo de paz em meio a guerra. É quem traz e se faz abrigo quando eu me sinto perdida. É quem me acolhe, cuida de mim e ainda por cima me ama.

Se eu pudesse escolher outra vez, escolheria você. Obvio, mudaria algumas cenas do nosso filme e deletaria um pouco da minha memória também, mas se Deus quis que fosse assim, tudo bem. Eu aceito viver esse drama, que as vezes ta mais pra comédia romântica com você. Te disse uma vez e repito, por onde for, serei sempre o seu par. Nós nos escolhemos e insistimos todos os dias para que tudo isso dê certo algum dia.

Já li em algum lugar que por mais louco e difícil que alguma coisa possa parecer, ela pode ter sido feita para dar certo, talvez não hoje, mas um dia. Acho que a gente é um caso desses. O mais legal disso tudo é que mesmo não dando certo hoje, a gente aceita numa boa o fato de não dar certo e segue se amando, lutando pra que isso realmente seja um plano de Deus em nossas vida.

Sério, nos admiro por ter a relação que temos, da forma que temos e ainda por cima sermos felizes assim. Acho que o futuro nos alimenta e a nossa certeza de dias melhores nos mantém fortes rumo aos nossos sonhos, planos e desejos. Enfim, hoje não é nenhum dia especial e também não é nenhuma data comemorativa que eu precise te falar tudo isso, mas eu senti vontade de escrever e de te falar o quanto eu gosto de você mesmo odiando essa distancia que nos separa e a dor que está no meu peito agora.

Embora eu possa parecer esgotada (eu realmente estou), eu aguento. Eu não vou desistir. Você sabe disso. Nós sabemos disso. Sei lá porque tem que ser assim. Já desisti de tentar entender. Tá foda. Ta bem foda. Na verdade ta foda pra caralho, mas e daí? Eu não quero outra pessoa e acredito que você também não, então se você me prometer remar comigo eu não desço desse barco por nada nem ninguém e sigo com você até o final. Com você, por você vale a pena remar, re-amar, amar.

3 comentários:

  1. Como foi que conseguiu descrever tudo o que eu tô sentindo? Caraca que nó entalado na garganta. Parabéns, texto lindo, super (infelizmente) me identifiquei.

    ResponderExcluir
  2. Até copiei e coloquei pra mandar pro meu ex <3 (o que pode parecer trouxisse minha, mas eu realmente amo ele e ainda acho que me ama tbm - desculpe sociedade por achar que amores que na sua visão não darão certo podem durar mesmo longe) mds que saudade, até chorei

    ResponderExcluir
  3. Que texto lindo! Traduziu muito de mim, e de onde estou agora. Obrigada por dividir.

    ResponderExcluir

MY OTHER BAG IS CHANEL © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.