Social Media Icons

slide code

Photo

Michele
Michele, 26 anos, ex-escritora de fanfic e agora escritora de livro de verdade.

mais?

follow mih

social media icons 2

Search

categoria 1

amor

categoria 2

lista

categoria 3

pessoal

post fresquinho na sua caixa de entrada

1989 - o álbum do meu 2014


Poucos álbuns me prenderam tanto nesse ano, como o 1989, da Taylor Swift. Ouço ele todos os dias, desde que ele "caiu na net" e não canso - e mais que isso, me identifico mais a cada música ou ela acaba tendo uma importância diferente pra mim. Parece até meio "romântico" dizer palavras do tipo, mas é bem isso. Tudo começou com Shake It Off, esse post e uma injeção de ânimo que aquela música divertida me deu em um dia bem cinza. E aí eu baixei o álbum e me apaixonei. De verdade. 

Acho uma pena a Taylor ser cricri e não permitir o álbum em sites de streaming (sobre isso, indico esse post aqui da Patty) porque o post ficaria muito mais completo. Mas enfim. Quando ouvi os primeiros toques de "Welcome To New York" eu já sabia que ela teria importância pra mim. Primeiro porque eu lembrava da Mari, segundo porque eu imaginava ela sendo trilha sonora de alguma coisa. E acabou sendo a música do vídeo do meu TCC.

~ Como a Taylor tá beeeeem chatinha com isso de não ouvir suas músicas na internet, o vídeo tá sem áudio - e acredite, ele só é legal COM A MÚSICA, então, antes de dar o play, dá o play aqui antes de dar play no vídeo:


A segunda música, Blank Space, fez com que eu me identificasse porque eu sempre (sempre, sempre, sempre!) me apaixonei muito fácil. Até chegar a conhecer um namorado, eu tinha me apaixonado intensamente trezentas e dez vezes. O clipe, então, fez eu me identificar mais ainda. Não por ser louca psicótica (até que sou bem tranquila hahah), mas por estar adquirindo, aos poucos, a habilidade de rir de mim mesma. Como a Taylor. 

Out of the Woods é outro amorzinho da vida. Com ela eu não tenho tanta identificação referente a letra, mas sabe aquelas músicas que você simplesmente adora? Então. Agora, lá para o finalzinho, tem Clean... Ah, Clean...

Clean fala sobre a catarse de um relacionamento. Eu me apaixonei por essa música não por associá-la a um namoro nem nada do tipo. Mas a esse ano. Vocês bem sabem o quanto a minha relação com 2014 foi conturbada. Com as coisas, finalmente, entrando nos eixos e ele em sua reta final, a sensação é a mesma: a de calmaria, a de limpeza após tomar uma grande chuva enquanto andava de bicicleta. Me vejo demais nessa música, mas adaptando ela a minha "situação". 

1989 chegou no final de 2014, mas já posso considerar ele como o álbum do meu ano. Algumas músicas marcaram passagens importantes e outras me fizeram pensar muito na vida. O álbum que mais mostra o amadurecimento da Taylor, me fez lembrar que o tempo está passando para mim também: e que tudo, tudo é aprendizado.

Curtiu o post? Então mostre seu amor e compartilhe! ♥
Acompanhe o MOBIC (e a Mih) nas redes-sociais!

Comentários

  1. Cê imagina que eu até hoje não ouvi nenhuma música desse álbum? Acho que eu que fiquei cricri com isso dela não deixar ninguém ouvir por aí kkkk

    ResponderExcluir
  2. 1989 só não foi o meu álbum do ano porque minha banda favorita da vida (tokio hotel ♥) também lançou cd esse ano, aí eu fico dividida haha mas eu preciso falar que nunca me conectei tanto tão rápido com uma música quanto eu fiz com out of the woods. eu literalmente não paro de escutar, é definitivamente a minha favorita do álbum <3

    ResponderExcluir

Postar um comentário

os mais amados

Anticoncepcional para quem tem enxaqueca
Bom, não é novidade para ninguém que eu sou uma enxaquecosa . As minhas crises são bem tensas e até…
Melissa combina com o quê?
Falar sobre Melissa é especial e nostálgico para mim. Primeiro porque as sandálias com cheirinho d…
Dossiê da Enxaqueca
Se tem um assunto no qual eu sou verdadeira expert, é Enxaqueca . Eu já fui a diferentes neurologist…
5 motivos que fazem do outono a estação mais legal para se vestir
Ontem esfriou aqui em Araçatuba e já fui obrigada a colocar um casaquinho (obrigada, senhor). Gost…