14/07/14

Blogagem coletiva: a primeira vez que ouvi a minha banda favorita


Eu estava de uniforme e sandálias transparentes. A mochila cor-de-rosa estava em um dos meus ombros e eu segurava um exemplar de alguma revista pré-adolescente na mão. Deveria ter, no máximo, 11 anos. Estava frio e por isso meu pai foi me buscar na escola de carro, e não de moto, como fazia habitualmente. Ele ouvia alguma música que eu não gostava. 

"Posso escolher o Cd?", pedi. 

"Pode, mas não vai ter nada que você goste...", ele disse enquanto dirigia. 

Eu mexi no porta-luvas, o lugar onde ele guardava os Cd's. Fucei, fucei, fucei e nada. Eu adoraria ouvir Rouge ou Br'Oz, naquela hora. Mas só tinha os Cd's chatos do meu pai. Até que encontrei um, daqueles gravados em casa e com capas feitas no paint, com o título "Os maiores sucessos do cinema". 

"Esse!", eu entreguei.


E então começou Twist And Shout. Comecei a me mexer no ritmo da música. "Gostei", pensei comigo mesma, enquanto a melodia dançante tocava no carro. Meu pai sorriu. 

Beatles. Sabia que seu nome é Michele por causa de uma música deles?", ele me contou. 

E então o interesse foi plantado. 

"Quem é Beatles?"

"É uma banda. Eram quatro caras, mas dois morreram... Hoje em dia, só Ringo e Paul estão vivos...", ele fez uma força para se lembrar dos nomes completos, "Era John Lennon, George Harrison, Ringo Starr e Paul McCartney". 

"Tinha um John Lennon na minha sala", contei empolgada. 

"É por causa dos Beatles", me explicou. 

E assim foi a primeira vez que ouvi, de fato, a minha banda favorita. Não foi a partir dali que virei fã, mas havia uma curiosidade sobre "a banda que me deu um nome". Só virei fã, mesmo, aos 17 anos, quando já podia falar sobre música com um pouquinho que seja de conhecimento sobre o assunto. Com o tempo, a paixão ficou tão imensa que as músicas mais significativas, pra mim, são deles e o amor ficou gravado na pele. O amor e uma mensagem sobre o amor. Por mais que Twist And Shout seja uma das músicas que eu menos ouça, com certeza é uma que me traz essa lembrança gostosa. E que eu acredito que vou lembrar por muito tempo.


[foi difícil escolher sobre qual banda eu falaria, visto que tenho três bandas favoritas no mundo todo - tá, quatro, vai McFLY, mas só conseguia me lembrar de uma. na verdade, tenho certeza de que não foi a primeira vez, mas é a minha memória mais antiga. sendo assim...]


Este post faz parte do Rotaroots. Para ler todas as blogagens coletivas do Rotaroots, clique aqui. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se norotation.

Acompanhe o MOBIC (e a Mih) nas redes-sociais!
Twitter  ♥ Facebook ♥ Instagram ♥ Youtube

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MY OTHER BAG IS CHANEL © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.