02/04/14

Playlist: vamos aquecer para o Lolla?


É SÁBADO, GALERE! O festival mais amor que chega em terras tupiniquins ocorre no próximo sábado e Michelinha aqui está sentindo cólicas de ansiedade (na verdade, dores de cabeça, mas não vamos prolongar o assunto hahahaha). Já falei aqui sobre Ellie Goulding, mostrei inspirações de famosas para a gente chegar linda no festival, mas o principal vem agora: a música, oras! Se você não está muito ligada nas bandas que vão tocar por lá, eu vou te ajudar! Selecionei 5 músicas das bandas que eu mais gosto do festival (#meuLolla) e também, das atrações principais. Na verdade, esse post foi colaborativo. Tem pitaco do Doug (NIN) e do Eduardo Martinez (que é jornalista e manja muuuito de música, como você pode ver aqui - que falou sobre Pixies e Arcade Fire). O resto é by Mih mesmo! Ah, também uma mini-biografia só para te deixar menos perdida. Pega na minha mão, amarra a blusa xadrez na cintura e vem!


Nine Inch Nails



O NIN é uma banda americana de rock industrial dos anos 80 que você com certeza já ouviu, mesmo que não esteja familiarizado com o nome. A banda já foi trilha de diversos trailers (inclusive dos Vingadores!!!) e o vocalista e frontman da banda, Trent Reznor, já ganhou até Oscar pela trilha sonora do filme The Social Network. Ou seja, o cara manja. As letras do NIN são bem profundas e, na maioria das vezes, puramente críticas. É uma banda que tem uma produção impecável e é reconhecida por esse cuidado (eles ganham muitos prêmios). Eu conheci a banda pelo trailer dos Vingadores, mas não fui além disso. Aí comecei a namorar e ouvir a beeeela voz de Trent Reznor foi inevitável. Então, convidei a pessoa que me apresentou a banda a escolher 5 músicas que você não pode entrar no show sem ouvir antes. Dá o play!



Muse



Eu poderia provar que a banda é boa só com duas palavras: rock inglês. Mas precisamos falar um pouco mais sobre o Muse. Eu conheço bem pouco, confesso, mas é daquelas bandas que você fala "conheço pouco, mas o que conheço, gosto muito" e é bem isso. É um rock bem alternativo, misturado com música eletrônica e com o vocal maravilhoso de Matthew Bellamy. Eu nem cogito a possibilidade de você nunca ter ouvido Muse, então, não preciso dizer que é a banda que sempre esteve no Guitar Hero (inclusive, os conheci por ali) nem que a música Supermassive Black Hole foi tocada no Crepúsculo.



Pixies



Eu não conheço nada de Pixies, por isso, convidei o Eduardo a escolher 5 músicas da banda. Além de escolher, ele justificou suas escolhas. E quer melhor descrição da banda do que isso? A banda foi formada nos anos 80 e foi muito influenciada pelo punk-rock e surf-rock. Eles são tidos como um dos pioneiros do "rock alternativo" do início dos anos 90 e algumas de suas letras falam sobre coisas bem... Exóticas. Melhor do que ficar falando, é ouvir. Olha a lista que o Du montou:



Here Comes Your Man: Essa é obvia. A música mais conhecida da banda, daquelas que mesmo gente que nunca ouviu falar em Pixies, quando ouve a introdução já abre o sorriso. Sem dúvidas será o momento fofura do show. 

Debaser: Uma das mais queridas pelos fãs. A canção que Kurt Cobain tentou copiar (palavras do próprio vocalista do Nirvana) ao fazer Smells Like Teen Spirit. Vai ser boa também para mostrar que, mesmo com respeitáveis 48 anos, Frank Black ainda berra insanamente como um garoto.

Where Is My Mind?: Dever ser um momento mais contemplativo, já que tem um andamento menos acelerado e é adorada por muitos fãs. Se você não se lembra direito de qual música é essa, sim, é a que embala a cena do filme Clube da Luta, com Edward Norton e Helena Bonham Carter olhando prédios explodirem. Cena antológica, diga-se de passagem, muito por conta da ótima trilha. 

Bone Machine: A encarregada de abrir o show. Um ótimo cartão de visitas da banda. Estranha, intensa, com a letra esquisitíssima e forte o suficiente para começar uma apresentação em alto nível.

Monkey Gone To Heaven: É a musica em que talvez o Pixies tenha alcançado o equilíbrio exato entre insanidade, melancolia, berros e beleza. Da introdução marcante ao solo angustiado, tem tudo para arrancar lágrimas dos velhos indies mais emotivos.

Arcade Fire


Arcade Fire também foram escolhidas pelo Du. A banda é aqueles indies que a gente adora e foi formada em 2003 pelo casal Win Butler e Régine Chassagne. A banda é conhecida, principalmente, pelas suas apresentações ao vivo e a diversidade de instrumentos presentes em suas músicas. É coisa linda de ouvir ♥



Wake Up: Definitivamente é uma música pra show, daquelas que você ouve em casa e automaticamente se imagina berrando no meio de uma multidão. Em 2004, quando o então desconhecido Arcade Fire veio pela primeira vez ao Brasil, essa música foi a responsável por abrir os shows e deixar todo mundo boquiaberto. Na turnê atual, ela sempre fecha o setlist. Candidato seríssimo a grande momento do Lollapalooza 2014. 

Reflektor: Umas das melhores músicas do ano passado. Dá nome ao disco deles de 2013. É a melhor do disco. Na gravação tem participação do David Bowie. Costuma abrir a maior parte dos shows da turnê atual. Precisa de mais alguma coisa? 

No Cars Go: Umas das poucas do ótimo Neon Bible (2007) tocadas na turnê. Um rock de arena contagiante, difícil não emocionar.

Ready To Start: No show vem normalmente logo depois da classuda The Suburbs. Assim como no disco, também chamado The Suburbs (2010), considerado por muitos o melhor da banda. Ready To Start é marcante e urgente, promete ser um grande momento. 

Neighborhood #3 (Power Out): Do primeiro disco, Funeral (2004). É intensa do início ao fim e aparece normalmente entre as primeiras músicas do show, ainda naquela euforia inicial, pra manter a catarse que deve acontecer no início (ou talvez no show todo). 

Imagine Dragons

RADIOACTIVE, RADIOACTIVE! A banda que ficou famosa pela música radioativa também estará no Lollinha! Eu já ouvi o álbum umas trezentas vezes é confesso que chega a ser difícil escolher apenas 5 músicas. Eu acho realmente difícil você não conhecer Imagine Dragons porque é uma banda que tomou as redes sociais em 2013, mas se você está perdido, fique tranquilo: eles começaram a carreira em 2008 e têm só um álbum de estúdio lançado. Mas a banda bombou tanto que tem música deles em Iron Man 3, The Hunger Games e tocou até em Arrow. É sucesso!



Phoenix

Mais um indie delícia pra gente! A banda francesa que ganhou um Grammy em 2010 começou daquele jeito que a gente sempre ouve que grandes bandas começaram: na garagem. Eles começaram na mesma cena cultural que lançou o Daft Punk, por exemplo. Pelo nome você pode não lembrar, mas Phoenix toca muuuuuuuito em balada - até em Araçatuba/Birigui (obrigada, Darwin! ♥), ou seja, você já ouviu! Duvida? Então dá play que você, com certeza, vai cantarolar a primeira música.



Vampire Weekend

Influenciados pela música africana e música clássica ocidental, nasceu a banda americana Vampire Weekend. Eles já ganharam vários prêmios por sua originalidade e competência, mesmo sendo uma banda "nova", formada em 2006. Não conheço quase nada de Vampire Weekend, então, vou usar a mesma playlist para ver se curto. Essas músicas foram escolhidas aleatoriamente no Deezer (na verdade, escolhi as melhores classificadas).




Cage The Elephant



Gosto tanto dessa banda que vocês não têm noção. Eu não sou fã (não sei nem o nome dos integrantes), mas gosto muito mesmo. Foi amor a primeiro timbre, sabe? Conheci eles pelo blog de um amigo (inclusive, eu reproduzi o post aqui no blog) e fiquei um bom tempo só ouvindo eles. E agora vou vê-los ao vivo. Eles são americanos com cara de inglesinhos com três ótimos álbuns gravados. Se nunca ouviu, por favor, OUÇA.



Pronto! Acho que te introduzi ao cenário e te deixei mais ansioso para o sabadão. Lembrando que o line-up completíssimo você confere aqui

Por quais shows estão mais ansiosos? 


Acompanhe o MOBIC (e a Mih) nas redes-sociais!
Twitter  ♥ Facebook ♥ Instagram ♥ Youtube

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MY OTHER BAG IS CHANEL © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.