22/11/13

MOBIC Viaja para o resort Costão do Santinho - Arvorismo

Foto: Eduardo Beltrame / FashionBuzz
Como eu contei aqui e aqui, estávamos com uma programação pré-agendada para que pudéssemos aproveitar ao máximo dos serviços do resort. A atividade do sábado era o Arvorismo. Tinha a segunda opção, que era a caminhada ecológica, mas todo mundo preferiu o Arvorismo (menos a Dani, que enfrentou a caminhada). Eu tenho um real pavor de altura, vocês não têm ideia do quanto. Olhei para o percurso a 16 metros do chão e falei "não vou". Eu sabia que não daria conta e (spoilers!) não dei mesmo. Mas vamos por partes. Por algum motivo eu decidi que iria (também pelo incentivo das amigas que super animaram, né Evelyn?) e coloquei até o equipamento. Comecei a pensar "vai ser lindo, vai render história e post". E rendeu mesmo.



O arvorismo do resort Costão do Santinho foi definido como um dos mais belos arvorismos do Brasil. Segundo as meninas que realmente subiram os 16 metros, é de fato uma vista maravilhosa. Justamente por isso eu decidi que iria. Coloquei os equipamentos e tudo, olha que bonitinho!

O início do treinamento


Na hora de começar o treinamento, eu já senti que ia "arregar". Comecei a tremer antes mesmo de subir o percurso de treinamento (que era baixinho baixinho). O instrutor explicava como enganchar nas coisas e ressaltava a todo o momento a importância da atenção e de como você não podia esquecer, de forma alguma, de fazer todo o procedimento. Eu, que sou a pessoa mais avoada do mundo, já tinha a visão da Michele esquecendo de rosquear as coisas e despencando hahahahaha claro que comecei o treinamento fazendo coisa errada. Porém, nos primeiros dois percursos eu fui bem, até que não senti tanto medo.


Mas então veio ela, a tirolesa. Olhando parece fácil, mas gente, não é. Já não bastava ser alto, eu ia despencar e ainda teria que correr quando meus pés se aproximassem do chão. Fiquei olhando, pensei bastante, respirei fundo... "FUI", pensei. E fui mesmo. O que eu não contava é que eu fosse travar de tal forma que não ia conseguir mexer nenhum músculo - muito menos desdobrar os joelhos e correr.

Expectativa:



Realidade: 


Na verdade, não é que eu tenha me estabacado, como diva Paulinha no gif acima. Eu tinha que correr para absorver o impacto, visto que a corda ia descendo. Pelo medo, eu travei e desci de joelhos, ou seja, meu joelho foi ralando atééééé a cordinha acabar hahahahaahahaha até fiz uma ilustração para vocês entenderem melhor:

Já vou criar a fanpage "Michele Ilustrações" 

Aí veio toooodo mundo me socorrer (achei princesa indefesa!) e apesar de ter um ralado imenso no joelho, eu não sentia dor alguma, só tremia por causa do medo. O instrutor veio mega preocupado, me ajudou e ainda insistiu para que eu vencesse o medo e enfrentasse os 16 metros. O que aconteceu:

Michele 0 x 1 Medo

Depois de mim, o mesmo aconteceu com a Liange (só que deu tempo de segurarem ela e ela não ralar o joelho), que também desistiu do percurso, mas fomos representadas pelas corajosas e seus maridos igualmente corajosos. Olha!

A Evelyn, as meninas e a Dani do Cozinha Travessa com o maridão Alceu

Bom, eu quera história pra contar, né? Então. Já posso contar o dia que eu fui pata (esse adjetivo me foi dado pelo meu namorado) e consegui me machucar no treinamento de um arvorismo incrível que é feito até por crianças hahaha. O mais legal é que depois eu tirei fotos com a camisa do Red Hot para look do dia... De joelho ralado! Mas isso é história pra outro post! HAHAHA

Acompanhe o MOBIC (e a Mih) nas redes-sociais! 

2 comentários:

  1. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

    ResponderExcluir
  2. Queria você lá em cima comigo, mas tudo bem Michele, cada um precisa fazer aquilo que dá conta em cada momento. Respeitamos o seu medo e te apoiamos, nem por isso você deixou fazer parte.
    Saudade de ver as fotos e ler o seu relato.
    Beijos Flor =)

    ResponderExcluir

MY OTHER BAG IS CHANEL © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.