20/02/13

Eu li: A Culpa É Das Estrelas - John Green

"O.K." - ele disse, depois do que pareceu ser uma eternidade - 
"Talvez o.k. venha a ser o nosso sempre". 

"O.K." - falei.



Quando li a sinopse de "A Culpa É Das Estrelas" fiquei extremamente curiosa. A primeira coisa que pensei foi "Como fazer um bom livro onde a protagonista tem câncer terminal sem que este seja o foco principal da história?". Duvidei um pouco sobre o livro ser realmente bom, mas John Green me surpreendeu e também me levou às lágrimas com o livrinho azul de nome incrivelmente fofo.


Hazel Grace (ou Só Hazel) é uma adolescente que tem câncer terminal. Devido a um novo medicamento, ela tem seus dias prolongados por um tempo indeterminado, mas não é a cura. É apenas uma extensão de seus dias. Quando sua mãe passa a obrigá-la a sair de casa e ir para um Grupo de Apoio para outros adolescentes com câncer, Hazel conhece Augustus Waters, um alto e lindo menino de uma perna só que teve câncer nos ossos, mas estava há mais de um ano sem evidências da doença. E é aí que começamos a nos apaixonar por Gus.


O livro é cheio de referências filosóficas e os protagonistas são inteligentes (como amo isso!). Ela não fica sendo boba falando apenas dos atributos físicos dele, ela elogia o modo com que ele vê as coisas, sua linha filosófica e tudo. Eles debatem sobre livros, sobre filmes e a história dos dois começa a tomar um novo rumo quando ele conhece o livro favorito de Hazel, "Uma Aflição Imperial" - um livro fictício, mas tão bem descrito que você quase acredita que ele existe mesmo.


A Culpa É Das Estrelas emociona, mas o mais legal é que não emociona por se tratar de um assunto tão denso como o câncer. Emociona pelas ações de Gus, pelo amor dos protagonistas e pelas situações vividas. Green consegue desviar o foco da doença e, mesmo sendo citada constantemente (afinal, Hazel leva seu cilindro de oxigênio pra lá e pra cá), ela não deixa o livro pesado e triste.

Confesso que pensei que choraria bem mais pelos posts que li em alguns blogs, mas só chorei mesmo uma vez (enquanto aguardava minha senha em um banco lotado, mas o que é que tem, né? hahaha) mas fiquei pensativa e triste com o fim do livro. E que bom! Apenas bons livros provocam isso na gente. Se você quer um livro de linguagem simples e com leitura fácil, A Culpa é Das Estrelas é a opção perfeita. Mesmo sem tempo, eu li em apenas dois dias. Eu indicaria pra ler enquanto ouve a banda favorita do Gus, a The Hectic Glows, mas infelizmente é uma banda fictícia.

8 comentários:

  1. Awwn, também li em dois dias o livro. Comecei a ler e não queria parar. A Culpa é das Estrelas ocupa atualmente o posto de meu livro preferido, forma os R$24,00 mais bem investidos em Janeiro. Hazel e Gus são apaixonantes, eu fica xingando-a mentalmente todas as vezes que ela dizia que não podia ficar com Gus (Efeito colateral de se estar morrendo). É um livro tão simples e tão incrível ao mesmo tempo. Não tem como não ficar viciada na história. Ao terminar fiquei: Por favor John Green, eu preciso de mais! Fiquei morrendo de vontade de conhece a Holanda, de conhecer Indianápolis, de dar uns tapas no John Green (como ele termina o livro daquele jeito?). Enfim, com vontade de lê-lo novamente como se fosse a primeira vez. E o próximo livro que comprarei será "Quem é Você, Alasca?", só pra ficar xingando o John Green novamente! #TODOSQUEREMUMAAFLIÇÃOIMPERIAL

    ResponderExcluir
  2. Esse livro é sensacional! O melhor que li esse ano e muito provavelmente continuará sendo haha Gus é lindo, Hazel é uma graça e o Isaac? Meu personagem favorito!
    Também achei que choraria mais, mas estava tão encantada com a história que acho que não deu tempo haha

    Beijos Mih :*

    ResponderExcluir
  3. Owwn, vou comprar pra ler, adoro livros assim :P

    ResponderExcluir
  4. Ainda não terminei o livro e tu já adiantou o final :( , afz que tipo de pessoa faz uma resenha adiantando o final? soei frio aqui , estou amando e totalmente envolvida com a historia :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1 - Ela não contou o final. ela disse que chorou quando leu o final, o que são duas coisas completamente diferentes.
      2 - Conselho quando estiver lendo um livro não fique lendo blogs e afins sobre ela afinal quem faz uma resenha ou abre um blog a respeito já leu o livro todo e consequentemente irá comentar cosias que vc ainda não leu.

      Excluir
  5. Adorei a resenha, tenho uma fila de livros esse estava em 9° lugar, mas depois dessa resenha ele vai furar essa fila, com certeza.. hahaha bjs lindona
    www.feminicesevaidades.com

    ResponderExcluir
  6. O livro "Uma aflição imperial" existe sim, só que existe só em inglês e em espanhol, eu consegui em espanhol mas como só tenho 13 anos não o entendi perfeitamente... Mas tirando isso é super interessante, é como Hazel descreve... <3 Amei "A culpa é das estrelas" vi o filme e li o livro é muito fofo...

    ResponderExcluir

MY OTHER BAG IS CHANEL © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.