03/01/13

Deixa eu falar: Não existe relacionamento perfeito (ou melhor, existe sim!)

Você com certeza tem uma amiga desiludida com os homens. Os "canalhas" tanto fizeram que ela, agora, acha que todos são iguais. Aliás, quem nunca ouviu essa frase, não é mesmo? O que não precisa de muito estudo é saber que, de fato, não existe homem perfeito. Assim como não existe a mulher perfeita nem, muito menos, o amor perfeito. Vou colocar aqui um texto que fiz para o blog da Marina, o Plataforma 36, que resume bem essa questão de "relacionamento perfeito".


Escritores como Nicholas Sparks, Stephenie Mayer, Marian Keyes e Meg Cabot nos fazem acreditar (e procurar) homens perfeitos. Homens que são lindos, estão sempre arrumados, recitam poesias e mesmo após um jogo de futebol estão cheirosos e com o cabelo impecável - caindo levemente sobre os olhos extremamente verdes e brilhantes. Os homens descritos nesses livros nos endeusam, se apaixonam pelo nosso interior (apenas pelo interior!), nos enchem de presentes, fazem setenta mil declarações diárias por dia e nos amam mais do que qualquer outra coisa no mundo.

Nós lemos tantos livros do tipo, vemos tantas séries americanas e assistimos tantos filmes água-com-açúcar que, sem querer, acabamos criando um modelo de homem ideal, e com isso, procuramos algo que está preso a ficção. Junto com o homem ideal, vem o relacionamento perfeito que, assim como o cara perfeito, não existe. Ou melhor, existe sim, mas ele não é como descrevem nos livros.

Relacionamentos perfeitos têm brigas, tem discussões, tem tapas (dados por nós mulheres, é claro!), tem mordidas e tem apertões. O relacionamento perfeito não vai fazer com que seu namorado prove o amor dele diariamente com grandes ações (aviões com faixas? Serenatas? Pedidos feitos de joelhos? Desencana!), ele pode fazer isso diariamente com coisas simples que, na maioria das vezes, vão passar despercebidas por você, mas acredite, é um “eu te amo” que vale por todas essas loucuras citadas.
Nem Adam Brody consegue ser o cara perfeito - e olha que ele chega bem perto!

Um bombom no intervalo, um sms com uma letra de música que ele ama e diz que pensa em você sempre que ouve, quando ele tira a blusa de frio, te empresta e mesmo batendo os dentes, insiste em nos convencer de que não está com frio... Não há outdoor que supere isso! E vamos combinar? Minimalismo hoje em dia tá com tudo!

Eu tenho meu relacionamento perfeito há nove meses (se você me disser "É começo de namoro" eu vou aí te dar uns bons tapas!) e posso dizer que meu mundo não ganhou uma tonalidade cor-de-rosa, eu não saio saltitante por aí, mas sorrio boba toda vez que meu celular toca com ‘Dosed’ ou vejo uma nova sms dele. E posso falar? Nunca estive tão feliz. E você? Está esperando o quê pra achar o seu príncipe encantado cheeeeeio de falhas e ter o seu ‘felizes pra sempre’, hein?

Um comentário:

  1. o Relacionamento perfeito é assim como vc descreveu no último parágrafo. Namoro a quase dois anos e ele ainda vem me dar um bombom pq sabe q eu amo chocolate. Os homens se mostram realmente nas pequenas coisas. E não é começo de namoro nada! Vc tá certa, 9 meses já é um tempão!

    ResponderExcluir

MY OTHER BAG IS CHANEL © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.