13/01/13

6 filmes que você deve ver antes de morrer

Olá! Eu sou a Mavi e esse é o meu primeiro post meu aqui no MOBIC, espero que gostem! Aqui estão seis filmes que todos deveriam, pelo menos uma vez, assistir. Alguns não estão na lista dos meus favoritos, mas mesmo assim, os acho importantes para quem gosta de cinema, como eu.

Beleza Americana (American Beauty)



Com o intuito de satirizar o american away of life, Sam Mendes coloca em uma só trama todos os preconceitos, medos e defeitos que as famílias americanas escondem dentro de suas casas estilo revista de decoração. Ganhador de cinco Oscars, incluindo melhor filme e roteiro original, Beleza Americana é tido como referência para qualquer cinéfilo e cineasta, no quesito de perfeição. Uma mulher materialista, um protagonista com apatia pela vida, uma adolescente se descobrindo, e um grande mal entendido, Mendes faz um longa de se ter na estante!



Pulp Fiction



Sem sombra de dúvidas Quentin Tarantino é um dos meus diretores favoritos, nunca deixa à desejar em seus filmes, e com Pulp Fiction não foi diferente. O longa que não tem ordem cronológica, com 4 historias que se entrelaçam sutilmente, se eterniza com cenas e diálogos memoráveis, carregados de referências a cultura pop e cenas de violência, as quais são bem trabalhadas, sem ter ossos expostos, e rostos estourados. Pulp Ficition - Tempos De Violência, mesmo sendo um filme independente, levou o Oscar de roteiro orginal e também foi indica ao de Melhor filme.


O Iluminado (The Shining)


Stephen King, o melhor escritor de terror moderno, teve a honra de sua história ir as telonas e ainda sendo dirigida por Stanley Kubrick, um dos diretores mais queridos e aclamados no cinema. Tendo que trabalhar em um hotel durante três meses de muita neve, frio e noites longas, o nosso protagonista Jack Torrance (Jack Nicholson), desenvolve a famosa síndrome da cabana, onde a pessoa se rebela contra os que se encontram no local, o problema é que esses são: sua mulher e seu filho. Com um final confuso, que nos faz pensar se tudo era verdade, ou apenas se passava na cabeça dos personagens, Kurbrick bota medo com cenas simples, sem cabeças dando voltas ou demônios saindo pela garganta, um exemplo é o das gêmeas do corredor, considerada uma das mais aterrorizantes cenas da história do cinema. Com toda a simplicidade possível O Iluminado tem que ser visto por todos que admiram o suspense.


Se7en


David Fincher com toda certeza é o meu diretor preferido, seus filmes sempre trazem uma crítica explicita sobre a sociedade, e Seven mostra a nossa aceitação sobre os sete pecados capitais, de uma forma um tanto violenta, mas para quem tem estômago forte e quer refletir um pouquinho sobre o mundo que vivemos, Fincher te da uma obra de arte indispensável para o crescimento moral. Com um grande elenco, composto por Brad Pitt que interpreta o parceiro de Morgan Freeman na busca do serial-killer, interpretado por Kevin Spacey.


Na Natureza Selvagem (Into The Wilde)



Largando uma vida de classe média alta, para andar pelo EUA, do México ao Alasca sem carro ou dinheiro, com o intuito de viver na pura natureza selvagem, Chris McCandless interpretado por Emile Hirsch, deixa a mensagem de que o mais simples é o mais importante. Baseado no livro de Jon Krakauer, Sean Penn dirige Na Natureza Selvagem, com uma grande delicadeza, tratando desde o espiritual até o material. Vale a pena prestar atenção na trilha sonora, toda composta pelo vocalista do Pearl Jam, Eddie Vedder.



Clube da Luta (Fight Club)


Baseado no aclamado livro de Chuck Palahniuk, Fincher mais uma vez faz uma grande crítica, dessa vez ao materialismo, de uma forma muito inteligente, com personagens como Marla Singer e Tyler Durden que foram eternizados pelo seu jeito cômico e frases de efeito. Com um protagonista sem nome, vitima da insônia que acorda cada dia em um aeroporto, a trama se desenvolve no momento em que o nosso narrador conhece Durden e sua vida muda completamente depois da explosão de seu apartamento. Clube Da Luta passa a mensagem de que nós não somos o que vestimos, comemos, temos e queremos, somos um zero à esquerda até o momento em que nos libertamos. Mais uma vez David não erra na escolha do elenco, composto por Brad Pitt, Edward Norton e Helena Bonham Carter.


Aproveitem! Beijos, Mavi!

Maria Victória (ou a Mavi, como gosta de ser chamada) é virginiana, ama cinema, viajar, ler, música, fotografia e tudo que envolve a cultura em geral. A mais velha entre cinco irmãos, sendo dois de criação. Também é dona do lecourtmetrage

3 comentários:

  1. Falta só Sev7n para eu morrer em paz, haha!
    Adorei o post (:

    ResponderExcluir
  2. Preciso assistir apenas Beleza Americana. Todos os outros são ótimos!

    ResponderExcluir
  3. Acho que faltou ai em sua lista O Fabuloso Destino de Amélie Poulain...:D fora isso todos são muito bons

    ResponderExcluir

MY OTHER BAG IS CHANEL © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.