09/11/12

As Melhores Vilãs Que Você Já Viu‏

Sempre que uma história nova aparece, seja em novela, série de TV ou filme, a gente acaba se envolvendo, ás vezes se apega a algum personagem e se sente até parte da história. E toda história, pra dar certo, tem que ter mocinha, mocinho e claro, vilão. Nos últimos tempos, quem vem roubando a cena (e o carinho do público) são as vilãs. Muito mais interessantes que qualquer mocinha, elas despertam a simpatia e fazem com que todo mundo torça pra elas. Fiz uma lista das melhores (ou seriam piores?) vilãs que você já viu. A lista não é um ranking, portanto não tem apenas uma melhor. Vem comigo:


Flora (A Favorita)

Flora era uma ex-detenta, que começou a novela jurando que não havia matado o marido de sua ex-amiga e grande rival, Donatela. Aliás, ela jurava de pés juntos que quem havia matado de fato foi a própria. Ela teve uma filha (a chatíssima Lara), que acabou sendo criada pelos avós paternos e pela ex-amiga e ex-parceira de dupla sertaneja (Faísca e Espoleta, que só tinham o grande sucesso 'Beijinho Doce'). No capítulo 100, fomos surpreendidos com a revelação de que Donatela nunca foi assassina, e a vilã mesmo era Flora. Desde então, ela assassinou quase todo personagem que atravessasse seu caminho, tentou matar a própria filha, foi descoberta sua participação no sequestro do filho da Donatela há anos atrás, ainda soltava pérolas inesquecíveis e dava apelidos à todo mundo que odiava. Ela chamava a filha de 'vaquinha', a ex-sogra de 'velha safada' e assim por diante. O final de Flora foi quase como no começo: ela presa, mas agora meio louca, cheia de hematomas e falando que seu nome era Donatela.


Nazaré Tedesco (Senhora do Destino)

Clássica e inesquecível! Quando era jovem, Nazaré era uma prostituta que se fingia de enfermeira para o amante, José Luís Tedesco. Para forçá-lo a largar a esposa, ela forjou também uma gravidez. Logo que garantisse seu cargo de 'esposa zelosa', seu plano era fingir um aborto. Mas, ao conhecer Maria do Carmo, uma retirante com vários filhos e uma neném de colo, ela teve a idéia de fingir ajuda e roubar a menina. Dito e feito, a garotinha foi roubada e criada por Nazaré e José Luís, enquanto sua mãe, Maria do Carmo, procurava a filha incansavelmente. Do Carmo venceu na vida, se tornou uma empresária rica e conseguiu levar à TV o caso do desaparecimento de Lindalva. José Luiz, ao ver a reportagem, brigou com Nazaré e disse que ia denunciá-la. Ele tropeceu na escada de sua casa e precisava de remédios, que Nazaré se negou a dar. Essa foi só a primeira vítima dessa vilá maravilhosa, que infernizou a vida da "anta nordestina" Maria do Carmo, matou pelo menos três personagens (a maioria em sua escada, que virou um clássico), enganou muita gente e era tão preconceituosa que chegava a ser engraçado. No final, Nazaré acabou se matando, se jogando de uma ponte.


Maria Sílvia (Duas Caras)

Maria Sílvia Pessoa de Moraes era uma garota riquíssima, lindíssima e de uma família tradicional. Ela passou quase a vida inteira na Europa, e quando voltou apra a casa da mãe, Branca, se apaixonou pelo novo vizinho, Marconi Ferraço (o grande vilão da novela). Antes de conhecer a verdadeira história de Ferraço (ele enganou Maria Paula, matou os pais dela só pra ficar com a sua fortuna, e ainda a abandonou grávida), o público podia pensar que Sílvia seria mais uma vítima. Mesmo depois de Ferraço ter revelado todo seu passado, Sílvia o apoiou e disse ter "ainda mais orgulho de namorar um homem que luta pelo que quer". A partir daí, Sílvia maltratava a mãe, que era contra esse namoro, se tornou obsessiva em relação ao namorado, teve um caso com o motorista de Ferraço e ainda tentou matar Renato, o filho dele. Todas as loucuras que ela fazia,ela justificava como "faço por amor", o que mostrava que ela não era uma vilã fria, mas sim muito emocional. No final, Sílvia fugiu para Paris e mandou apenas uma carta para a mãe, dizendo que "provavelmente você nunca mais vai me ver ou ouvir falar de mim, mas é melhor". Mesmo depois de infernizar todo mundo e se mostrar louca, Sílvinha se deu bem.


Laura Prudente da Costa (Celebridade)

Essa lista não poderia deixar de citar a cachorra Laura, que se aproximou de Maria Clara, uma famosa produtora, pra destruir a sua vida (motivada por uma vingança). Laura tinha um capanga e namorado, Marcos, e nenhuma vergonha na cara. Depois de passar a perna na sua "amiga" e ainda comprar sua mansão, ela se casou por interesse, conseguiu destruir mais vidas e ainda matou Lineu, um dos grandes mistérios da novela.


Carmem Lúcia Tufão, a Carminha (Avenida Brasil)

Muita gente ainda carrega o luto de Avenida Brasil, principalmente os órfãos de Carminha, personagem que deveria despertar ódio, mas de tão boa, conquistou o coração de todo mundo. Ela se casou por interesse com um homem muito mais velho e, depois de sua morte, largou a filha dele no lixão onde foi criada. Depois ainda se casou, mais uma vez por interesse, com Jorge Tufão, um ex-jogador rico, e o fez terminar seu noivado com Monalisa, tudo pelo seu interesse. Depois de casada, ela ainda adotou o próprio filho, que também tinha largado no lixão, e deu a luz Ágata, filha que ela visivelmente não suportava, tratava mal e esculachava chamando-a de gorda. Carminha ainda tinha um amante, Max, que depois se casou com a irmã de Tufão, a mando de Carminha. Durante os doze anos que passou casada com o ex-jogador, Carminha o traía com Max, desviava dinheiro dele para uma conta própria e enganava a família inteira posando de senhora da moral e dos bons costumes. Rita, a filha de seu primeiro marido, voltou para se vingar, e mesmo em sua ior fase, Carminha conseguia se manter a personagem mais incrível da novela. Na reta final, descobrimos que seu pai, o sádico Santiago, estava por trás da personalidade de Carminha, tendo inclusive deixado subentendido que ela era abusada por ele na infância. Carminha foi a assassina de Max, e se consagrou como a grande vilã da novela - e da história da TV brasileira. Carminha ainda vive em nossos
corações.

 Texto por: Mariane Colantuono Mari é webdesigner, viciada em séries, blogueira desde criancinha, dona do Porra Elmo, e expert em perseguições de ídolos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MY OTHER BAG IS CHANEL © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.