Social Media Icons

slide code

Photo

Michele
Michele, 26 anos, ex-escritora de fanfic e agora escritora de livro de verdade.

mais?

follow mih

social media icons 2

Search

categoria 1

amor

categoria 2

lista

categoria 3

pessoal

post fresquinho na sua caixa de entrada

Conheça a banda Wish!

Pegue uma vocalista com a voz mais doce do mundo. Adicione dois guitarristas estilosos e letras bonitinhas e que ficam na cabeça. Pronto, aí está a Wish, banda araçatubense (nem parece!) que já faz parte da minha playlist desde o ano passado.


A banda é composta por Felipe Gomes (guitarra, vocal e teclado), Carol Gilberti (vocal e teclado) e Caique Soarez (guitarra). Nas apresentações ao-vivo os meninos contam com Léo Ornellas no contrabaixo e Fernando Patrocínio na bateria. 

Em novembro do ano passado eles lançaram a música 'Who Sold My Stars' e logo em seguida a 'You Look So Sad'. As músicas tem uma pegada indie gostosa e fortes influências das bandas Two Door Cinema Club, Foster The People, Phoenix e Bon Iver. Eu associo muito com a banda Of Monsters and Men, mas isso é uma opinião pessoal rs. 


Apesar de novinhos (a Carol tem 15 e o Felipe e o Caique têm 18), eles já mostram uma grande maturidade musical. Além do investimento na gravação das músicas em estúdio, os bonitos se dedicam para ensaiar e compor - a Carol compõe todas as músicas em inglês! E não pense que eles só mandam bem em estúdio não! Vi uma apresentação da banda e eles arrasam ao-vivo! O show dos meninos têm cover de The Killers, Kings of Leon, MGMT e, é claro, as músicas próprias. Depois do show, a minha favorita é Fade Away

Ficou curioso? Então dá o play aqui embaixo e, se curtir, corre baixar as músicas deles na página do Soundcloud. Já pode colocar no celular e sair cantarolando Wish por aí! ;)

Comentários

os mais lidos da semana

Dossiê da Enxaqueca
Se tem um assunto no qual eu sou verdadeira expert, é Enxaqueca . Eu já fui a diferentes neurologist…
Anticoncepcional para quem tem enxaqueca
Bom, não é novidade para ninguém que eu sou uma enxaquecosa . As minhas crises são bem tensas e até…
Sobre a romantização do sofrimento como inspiração e sobre minha leveza
O ano era 2015. Ou 2016. Talvez 2017? Mas, em um desses três anos, já vivendo em São Paulo e vivend…